Novo

Lã de Pet Ecologica

Disponibilidade: out of stock

SKU:

Lã de Pet é a melhor solução para isolamento acustico entre lajes, contrapiso, drywall, forros e tubulações! 100% Ecológico!

certificadosEco.jpg
100% ECOLÓGICO

Lã de Pet

o revestimento Lã de PET é uma manta de isolamento termo acústico, composta 100% de fibras de poliéster – material proveniente da reciclagem de garrafas PET –, sem adição de resinas.
São soluções inteligentes, fabricadas em diferentes densidades e dimensões, podendo integrar proj
etos de ambientes com finalidades de uso diversos. Tais como em: escritórios, residências, hospitais, igrejas, escolas, universidades, galpões industriais, supermercados, shopping centers, teatros, auditórios, restaurantes e casas noturnas.

Os formatos são variados, encontrando-se em geral em painéis ou rolos. Além disso, também podem ser utilizadas em sistemas hidrossanitários para isolamento termo acústico de tubulações, conexões e peças do conjunto.

Descrição

- Fabricado com lã proveniente de reciclagem de garrafas PET
- Sem a adição de resinas ou qualquer tipo de aglomeramerante
- Produto ecologicamente correto
- Elevada absorção acústica
- Segurança ao fogo: Atende à IT-10 do Corpo de Bombeiros do Estado de SP na classificação II-A
- Excelente isolante térmico. Condutividade térmica K = 0,035 W/mK
- Suporta temperaturas até 80°C
- Produto atóxico e antialérgico
- Disponíveis em placas de 600x1200 mm ou em rolos de 1200x25000 mm
- Espessura: 50 mm
- Densidade: 07 e 30 Kg/m³
- Cores: 50/30 na cor Preto e 50/07 na cor Branco

Vantagens

- Não esfarela
- Não desfia
- Não tem problemas com umidade
- É mais barata
- Possui fibras maiores
- É termica
- 100% Ecológica
- Não requer EPI's para manuseio.


O condicionamento acústico e térmico é de grande valia para qualquer tipo de ambiente, e melhor ainda quando feito de forma ecológica, pois colabora tanto para o local como para a natureza. Pensado nisso, a Vibrasom desenvolveu uma parceria e colocou no mercado a Ecolã, que é um material ecologicamente correto, com matéria prima proveniente de material 100% reciclado.

Quando se trata de tratamento acústico, o produto é altamente recomendado, uma vez que, proporcionando melhor conforto e desempenho acústico pode ser utilizado no preenchimento de paredes de dry wall, revestimento de casas de maquinas, forros desmontáveis, atenuadores de ruído e afins.
A fabricação da Ecolã é realizada pela reciclagem de garrafas PET, sem adição de resinas. Além disso, o produto proporciona segurança ao fogo sendo aprovado pelo Corpo de Bombeiros –SP com a classificação II-A da IT-10 , também sendo atóxico e antialérgico.

Esse produto é sustentável e pontua para as Certificações AQUA (Alta Qualidade Ambiental) e LEED (Leadership in Energy and Environmental Design).


Coeficiente de Absorção do modelo 50/30

 

frequencia la de pet

 

grafico-ecola.jpg


medicao la

 

O que difere a lã de PET das demais lãs minerais?

Existem no mercado brasileiro três tipos de lã mineral comumente utilizadas: a lã de PET, a lã de rocha e a lã de vidro. Os três tipos têm como objetivo comum: o isolamento termo-acústico.
A primeira diferença entre os tipos de lã está na matéria-prima utilizada para fabricação das lãs: As lãs de vidro e rocha são fabricadas a partir de processos semelhantes.
No caso da lã de vidro, os minerais utilizados são a sílica e o sódio (areia e vidro), que são fundidos e centrifugados formando filamentos de vidro aglutinados com resina sintética.
A lã de rocha parte da extração de um recurso não renovável – rochas e minerais especiais -, consistindo em um produto final altamente fibroso, com propriedades de absorção
acústica e resistência térmica.
Pela natureza de sua composição, o manuseio da lã de rocha pode causar inflamações diversas, como irritações de caráter alérgico, problemas brônquicos e outros problemas no sistema respiratório como um todo.
A lã de PET é um material reciclado e reciclável. Sua fabricação e uso contribuem para a redução dos impactos ambientais gerados pelas embalagens plásticas – matéria prima principal do produto.
Além disso, a lã de PET consiste em uma solução inteligente a ser integrada nos projetos de edificações sustentáveis, adequando-se perfeitamente aos critérios da certificação ambiental LEED – Leadership in Energy and Environmental Design.
Do ponto de vista do desempenho térmico, por exemplo, a lã de PET pode ser utilizada em subcobertura de telhados e na fachada de edifícios, impedindo a transmissão do calor para o interior da edificação, reduzindo o consumo de energia com ar condicionado.

Outras Diferenças

Além de ecologicamente correto, este produto não oferece nenhum risco à saúde do instalador.
Pois sendo hipoalergênico, ela dispensa o uso de máscaras e luvas para o seu manuseio. O uso do material diminui o tempo de aplicação e o custo com EPI’s, oferecendo a vantagem de uma instalação fácil, rápida e mais barata.
A Lã de PET é resistente à umidade, por isso se adapta a qualquer ambiente. É um material que garante a proteção contra a formação de fungos e impede a proliferação de micro-organismos.
Além disso, as características de isolamento do material são mantidas indefinidamente, porque é um material que não sofre deformação nem deterioração com o passar do tempo.
Para tirar qualquer tipo de sujeira é só lavar o material com água e deixar o mesmo secar. Assim não acabam danificadas ou alteradas as suas propriedades termo-acústicas.
Outra diferença entre as lãs de rocha, vidro e PET está no peso das lãs. As lãs de vidro e rocha, por serem fabricadas a partir de materiais pesados (vidro e rocha), possuem densidade (kg/m
3) duas a três vezes maior do que a lã de PET.
Apesar desta questão de densidade a manta de PET proporciona resultados semelhantes de isolamento termo acústico. Isso ao ser integrada a um sistema construtivo, em comparação com as demais lãs minerais, sendo muito mais leve e fácil de armazenar.
Ao apresentar alta capacidade de compactação e resiliência, a lã de PET retorna às dimensões originais com facilidade, logo, a utilização deste material reduz significativamente os custos de transporte. O material pode ser embalado em diversas larguras e comprimentos de rolos (baixas densidades) ou placas (altas densidades).

Como usar a manta de lã de PET?

Em determinados ambientes, como restaurantes, escritórios, hospitais e clínicas médicas, praças de alimentação, os dispositivos acústicos fabricados com lã de PET podem receber revestimentos e ser aplicados de forma aparente.
A Lã de Pet pode ser também utilizada de forma não aparente, como preenchimento para sistemas de piso, forro e de paredes em drywall, steelframe ou wood frame.
O uso de mantas em lã mineral para preenchimento de sistemas de parede proporciona uma melhor atenuação da propagação dos ruídos. Ocorridos entre ambientes, garantindo assim ambientes mais silenciosos, a partir do aumento o índice de redução sonora (Rw) do sistema.
O Rw atingido pelo sistema irá depender de determinadas características, como o tipo de sistema utilizado (gesso, alvenaria, blocos cerâmicos), a espessura do sistema, a existência ou não de cavidades de ar, a espessura e densidade da manta.
Em sistemas de forro em gesso acartonado e forros minerais, a manta de lã de PET pode ser aplicada sobre o gesso, ou seja, em casos onde a energia sonora é convertida em calor, ou seja, a lã mineral faz com que a energia sonora perca intensidade.
Já para sistemas de piso, a lã de PET consiste em uma solução inteligente para controle da propagação do ruído de impacto.
 Por exemplo, entre os apartamentos, devendo ser aplicada entre a laje e o contrapiso durante a construção da edificação.
A lã de PET também pode ser utilizada para tratamento acústico e antivibratório de instalações prediais, como dutos de ar condicionado, tubulações hidráulicas e sistemas. Neste caso, as tubulações e todas as conexões devem ser cobertas pelo material, e podem ser fixadas com abraçadeiras plásticas, para controlar a transmissão de vibrações e turbulências para as estruturas da edificação.

 

Ainda não há comentários para este produto.
Ainda não há comentários para este produto.